Páginas

sábado, 26 de janeiro de 2013

Prefiro



(...)? Prefiro a solidão, do que ter que cobrar a presença de quem nunca me pertenceu.