Páginas

domingo, 31 de julho de 2011

Tanta Luz



Como posso esquecer,
Um sorriso que tanta luz irradia,
Faz-se parte do meu viver,
Fez parte da minha alegria.

Se ao seu lado estou...
Sinto uma gostosa proteção,
Sua boca diz coisas lindas
Que ilumina meu coração.

Seu sorriso é o mais belo
Que alguém já pode ter,
Quando vejo você sorrindo
Sinto aqui dentro do peito,
Tudo remexer.

Quando fecho meus olhos
É seu sorriso que fico a lembrar,
Sua boca bonita
Fico querendo toda hora beijar.

Sem Rimas



Sem rimas esta meu coração,
Um abismo sem fim,
Arrancado do peito destroçado,
E, eu não tenho ninguém para acusar.

Sem rimas vou vivendo meus dias,
De tristezas e solidão,
A espera do nada...
Em busca de explicação.

Sem rimas é esse mundo,
Que só me fez sofrer,
Vivendo em desatino,
Tentando me encontrar,
Sinto-me um peregrino.

Sem rimas é o meu sorriso,
Meus olhos se põem a chorar,
A vida foi-me cruel,
Esta difícil de recuperar.

Vou vivendo sem rimas,
Sem notas e sem canções,
Vou atrás do arco-íris,
Vou buscar novas emoções.

Um Pedido de Socorro



Do alto da montanha,
Escuto o eco,
Eco de tuas entranhas,
Que chama que estremece a flora e a fauna,
Que chora e reclama.
Caindo por terra,
Se esvaindo em lágrimas.
Essa é a natureza pedindo socorro.

É o homem que poluem os rios,
É nossas arvores caindo por terra,
É um grito de socorro,
Vamos parar com essa guerra.

Nossa natureza pede paz,
Ao ver sangrar com seu machado,
Não corte nossas matas,
Vamos proteger nossos animais.

Nossos rios correm o risco,
De não ter mais água pura,
Deus criou a natureza,
Mas o ser humano com sua ganância,
Esta acabando com essa beleza.

Deus segure as mãos dos homens,
Coloca amor em seus corações,
Não os deixem
Eles usarem as suas serras e acabar com nossos sertões.

sábado, 30 de julho de 2011

Calado


O doce do seu beijo
Da minha boca não sai,
O cheiro do seu perfume
Ainda paira no ar.

Meus olhos vagueiam sem rumo
Perdido a te procurar,
Minha boca anseia
Por seus beijos novamente ganhar.

Meu corpo não aquece
Sem você do meu lado,
Mais nosso amor é proibido
Fico aqui sofrendo calado.

Meu Ponto Fraco


Chega de mansinho
Como quem não quer nada...
Me olha com desejo
Sabe meu ponto fraco...
Me ganha com um beijo.

Com um simples toque de suas mãos
Entrego-me todinha pra você...
Entro no clima
E te amo até o amanhecer.

Seus carinhos e seus cuidados
Protegem, dando-me segurança...
Fico agarradinha em seu corpo
  Nua, indefesa igual criança.

Nunca Existi


                                 

Pra você não importa
Se eu estou sofrendo ou estou feliz
Se choro ou me alegro
Se ainda vivo ou já morri,
Mais hoje eu descobri
Que pra você eu nunca existi.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Sua Chegada


Eu sentei a beira do caminho
Esperando você passar,
Mas você não passou
E, meu coração, pois se a chorar.

Debrucei-me na janela
Esperando por você
Mas você não chegou...
Vou te esperar até envelhecer.

Ainda guardo a sua chegada
Com ansiedade
Quando bater na minha porta...
Vou ser feliz de verdade.

Só Pode Ser Paixão



Quando você passa por mim...
Deixa seu perfume no ar...
Fico imaginando nós dois...
Com vontade de te amar.

Quando de longe eu te vejo,
Meu coração pula sem parar...
As pernas bambeiam
Sinto uma vontade louca de te agarrar.

Quando estou junto de você
As horas param e os minutos correm lentamente,
Aproveito cada segundo da tua presença...
E descubro que é você
Que vou amar eternamente.

Quando de mim você se afasta
A saudade vai invadindo meu coração,
E descubro que todos esses sentimentos
Só pode ser paixão.

Desconhecido


Não sofras com antecipação
Hoje você pode viver toda a emoção,
Amanha talvez seja tarde...
Hoje você ta ouvindo vivendo e participando,
Amanha pode- ser que tudo se acabe.

É só esperar um dia após o outro
Viver somente o hoje...
Por que só o hoje nós pertence,
E não ficar com a ânsia
Da espera pelo desconhecido
Chamado futuro. 

terça-feira, 26 de julho de 2011

Seduza-me



Apenas com seu olhar,
Com a luz do seu sorriso
E seus lábios a me tocar.

Desliza suas mãos em minha pele
Sedenta de desejo,
Toma-me em seus braços
Ganhe-me com seu beijo.

Envolve-me com seus carinhos
Joga-me na cama,
Toma o que é seu de direito...
Possua-me ardentemente
Diga-me que me ama.

Sussurra em meus ouvidos
Palavras bonitas que amo escutar,
 Sua voz deixa-me louca...
Faz-me delirar.

Possua-me meu corpo te chama
Derrama sobre mim
Uma cachoeira de prazer,
Vem toma-me daquele jeito
Que só você sabe fazer.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Grite


Se você quiser gritar
Grite!
Não escuto mais você!
Se você quiser morrer
Morra!
Você não existe mais pra mim!
Se você quiser sumir
Suma!
Já não penso em você!
Se você quiser me amar
Venha correndo,
Por que eu nunca deixei
De amar você.

Papel


Acordei toda cheia de emoção
Tentei fazer um verso,
Mais só consegui colocar no papel
O som da minha respiração.

Tentei fazer uma poesia
Com todo amor e paixão,
Mais só consegui colocar no papel
As batidas do meu coração.

Tentei fazer um soneto
Inspirada em meu amor,
Mais só consegui colocar no papel
O sofrimento da minha dor.

Enfim consegui fazer uma canção
Com tuas palavras,
Dizendo que me ama
Mais me veio à realidade,
Virando de um lado para o outro
No deserto da minha cama.

Sozinha na cama
Com um papel em branco,
Ouvindo o som da minha respiração
E o Tum, Tum, Tum do meu coração.

Já Não Importa


Já não importa
O doce da uva
Se o que me restou foi
O vinho azedo da desilusão,
Um cálice de saudade
E um porre de solidão.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Nada Foi Explicado



Já não sinto mais o desejo de antes
Onde nossos olhos se encontravam na mesma sintonia,
Nossos corpos sedentos de desejos
A respiração ofegante,
Nossos lábios pedindo mais beijos.

A onde foi parar aquela paixão
Que tirava nosso sono?
Aquela vontade de estar sempre perto um do outro?
Você não cuidou de mim, eu não cuidei de você,
Deixamos cair na rotina...
Deixamos o nosso amor morrer.

Sinto saudades de seus carinhos
Do gosto de seu beijo,
Da sua companhia...
Mais não sinto por você
O mesmo desejo.

A vida é mesmo engraçada
Uma hora se morre de amor
O tempo passa e descobrimos,
Que esse mesmo amor morreu,
Só ficaram as lembranças
E um grande desatino.

Nunca sabemos onde erramos
Só percebemos que esse amor acabou,
Quando a ausência toma conta
Que tudo foi dito...
E nada foi explicado.

sábado, 16 de julho de 2011

Vem



Vem acabar com meu sofrimento
Espero-te a todo o momento,
Com o coração em pedaços
Derramando lágrimas pelo chão,
Vem
Fazer-me prisioneira de seus abraços.

Vem com pressa e sem demora
Esse coração que triste chora,
Esperando você voltar
Vem
Agora antes do romper da aurora.

Vem meus braços te esperam
A saudade esta machucando,
Estou a tempo te esperando
Vem não me deixe aqui,
Triste chorando.

Sonhador



Quando percebi que era impossível
Coloquei mais amor em meu peito
E me tornei um sonhador.

O amor me foi negado
Com desculpas que não entendi...
Fingi que estava tudo bem,
Mais confesso que sofri.

Eu achava que tinha o direito
De poder amar e ser amada,
Mais o direito me foi tirado...
Hoje sonho acordado.

Novos Momentos



Meus olhos perdidos
Não se cansam de te procurar,
Meu coração tristonho de tanto bater forte,
Ainda acho que vai estourar...
Meus pés cansados já desistiram
De seu encontro caminhar,
Minha voz não tem eco,
Já não quer mais seu nome chamar,
A desilusão foi tanta,
Que por seu amor
Não vou mais mendigar.

Vou fazer por onde
Outro amor encontrar,
Você vai ficar guardado no baú do esquecimento,
Não vou fazer com que suas lembranças
Se torne um tormento,
Vou viver a vida...
Vou viver novos momentos.

Se eu Tivesse Asas


Se eu estivesse asas
Não teria limites para voar,
Mas como não tenho asas
Não tenho limites para sonhar.

Meus sonhos atravessam barreiras,
Desfaz-se em alguns obstáculos...
Às vezes viram vapor
Levanto dou-me uma sacudida e sigo em frente,
Não desisto facilmente
Luto com garra e muito amor.

Nessas horas sinto que criei asas
Asas essas que me levam além...
Posso até morrer,
Mas o sonho para sempre permaneceram,
Atrás de um sonho para sempre irei correr.

Posso não realizar todos os meus sonhos,
Mas a chama do meu amor permanecerá
Viva como chama que nunca se apagará,
Em meu coração todos eles irei guardar.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Agora é Tarde




O tempo não para
É como as águas que correm e não volta mais...
Ele é ardiloso com ele não tem perdão,
Mais ele também cura as feridas deixando
Só as cicatrizes de um amor em um coração.

Ele segue sempre a diante
Deixando a saudade,
Plantando no rosto as rugas e no coração historia que nem sempre poderá contar,
É o tempo que passa como ventania deixando tudo fora do lugar.
Vivemos uma vida inteira querendo voltar e corrigir nossas falhas...
Mais o tempo já se encarregou a sua historia terminar,
Agora é tarde nada mais podemos consertar,

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Como Esquecer



Abrem-se em meu peito as chamas do amor
Que teimo ignorar a existência...
Que brilha e floresce com alegria
Como o cheiro do jasmim que embriaga,
Distraidamente vejo a paixão com um sorriso largo
 E com olhos brilhantes olhando pra mim,
Fico sem jeito e nego esse sentimento
Mais como esconder,
Se não deixo de pensar em você nem por um momento.

Ainda te Amo



Meu amor por você é muito grande
E cada dia ele cresce ainda mais...
Mais o tempo passou...
Você de mim se afastou...
Tentei varias maneiras te esquecer,
Mais não teve jeito, meu amor por você
Mais forte ainda ficou...

Andei pelo mundo tentando te esquecer,
Provei outros beijos
Mais nenhum se compara com os seus...
Como posso deixar de te amar
Se meu coração, não conhece a palavra adeus...

Fico procurando os teus defeitos
Pra deixar de te amar,
Mais meu coração só lembra-se do teu sorriso
Fazendo-me ainda mais, por você me apaixonar.

É esse amor que bate com toda força em meu coração
Que me tira o ar, fazendo-me perder a respiração,
É amor verdadeiro é um sentimento profundo
É a mais gostosa sensação Que já tive nesse mundo.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Deixa-me Lembrar de Você



Deixa-me eu lembrar de você,
Deixa-me eu lembrar de nós dois,
Gravar esse teu sorriso lindo
E com carinho lembrar depois...

Deixa-me eu lembrar de você,
Tocar os seus lábios com minhas mãos,
Desenhar o desejo de te beijar
Na parede do meu coração.

Deixa-me eu percorrer seu corpo
Desenhar cada pedacinho com muita atenção,
Fotografar cada curva de sua sedução...
Pra anos depois...
Eu lembrar com saudades dessa gostosa sensação.

Eternidade




Eu te amei tanto...
Ao seu lado fui extremamente feliz!
Mas quando eu te perdi...
Achei que o mundo havia acabado,
Quase enlouqueci...
Meus dias tornaram-se turvos sem graça e sem cor,
Aos poucos eu morri,
Em meu coração não existia mais lugar pra tanta dor.
Mais a vida continuou, o tempo passou e se encarregou de colocar as coisas em seu lugar,
Hoje quando penso em você sinto uma imensa saudade,
Como uma leve brisa que vem beijar meu rosto...
Um sorriso de meus lábios brota
A nossa historia foi escrita com letras em ouro no livro da eternidade.

Amor e Ciúme



O amor é vida
O ciúme é morte,
O amor nos dá liberdade faz viver intensamente,
Lança-nos até o infinito...
O ciúme nos prende e sufoca até a morte,
E nos lança até o abismo.

Eu já me senti livre diante de um amor,
Mais me senti presa quando o ciúme gritava mais alto,
O amor nos dá serenidade
 Vontade de viver,
O ciúme nos tira a razão sufoca e faz-nos adoecer,
Só quem ama de verdade
É quem tem a verdadeira liberdade.