Páginas

domingo, 18 de setembro de 2011

Passageiro



Em algum lugar da nossa jornada, alguém pede carona, mesmo sem querer paramos o carro e levamos esse passageiro, um estranho, que durante o trajeto nós se aperfeiçoamos á ele, passamos por estradas lindas, retas, coloridas de flores,
Mas também passamos por curvas tortuosas, estradas com buracos e pedras, mas seguimos em frente.
Às vezes o pneu fura, acaba o combustível, mas consertamos o pneu, abastecemos, e seguimos a viajem.
Mesmo com dificuldades temos que seguir em frente, e fazer uma viaje perfeita.
Quando estamos acostumando com a companhia,
Chega à hora de se despedir do passageiro.
Mas às vezes a velocidade é tão rápida que não dá tempo de se despedir.

Chega o ponto final, é hora de desembarcar e seguimos a viajem sozinhos.

Às vezes passamos nossa viajem inteira sozinhos sob neblinas e tempestades,
Mas der repente em alguma curva ou ponto...
Lá esta alguém acenando e pedindo carona e mesmo despercebidos, paramos o carro e damos carona a um novo passageiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário